Como funciona a distribuição de recursos para os partidos

A Justiça Eleitoral dispõe do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) para custear a campanha dos candidatos. Os recursos são destinados do Tesouro Nacional, que incorpora os valores de arrecadação dos cidadãos.

Para as eleições de 2018, foram disponibilizados R$ 1.716.209.431,00 (um bilhão, setecentos e dezesseis milhões, duzentos e nove mil e quatrocentos e trinta e um reais)

A distribuição é feita entre os 35 partidos registrados no TSE tendo como base o número de votos nas eleições majoritárias anterior, ou seja, em 2014; além do número de parlamentares eleitos. Ganha mais que tem a maior bancada.

Já a forma que os partidos distribuem os valores entre os candidatos é definido por cada sigla, desde que respeite o limite de gastos para cada cargo. Há ainda uma cota de 30% para as candidaturas femininas.

Posts Relacionados